Conhecendo os Otakus #1 - O que é?


Oi gente!
Venho trazer um novo projeto para o blog chamado "Conhecendo os Otakus".
Será divididos em diversas partes explicando tudo o que você precisa saber para entender o que falamos.
Let's go!



Comparação do mangá de Sailor Moon com a
nova adaptaçãodo mangá: Sailor Moon Crystal
Para entendermos as outras partes, você precisa saber dessas coisas:

Primeiro é o termo "mangá"

No Brasil, considera-se pela maioria apenas quadrinhos japoneses mangás.
No Japão qualquer revista em quadrinhos é mangá.
E agora vem a pronuncia.
Mangá é em português, mas o original é manga e é escrito com dois kanjis: 漫画
Como no japonês a sílaba tônica das palavras vem no fim (última sílaba), a palavra manga não é a fruta.

Mais fácil de diferenciar: Mânga (Fruta) | Man(Quadrinhos)

Escrevemos assim, com o acento no final, para diferenciar.

Mangaká é o título que se dá aqueles que criam mangás.
Fanzine é uma revista editada por fã.
Scanlation é a escaneação, tradução, edição e distribuição de histórias em quadrinhos. De uma língua a outra.

Anime japonês: Sailor Moon
e parabéns Serena/Usagi!
Agora o termo mais discutido: "Anime"
"Não é desenho animado, é anime"

Primeiro temos que ver ambos os lados.

No Japão: Anime é considerado qualquer animação, seja dentro ou fora do próprio país.
No Brasil: Anime é considerado apenas animações japonesas pela maioria dos fãs.

OU SEJA

Anime é tanto desenho animado quanto "anime" (vindo do japonês mesmo).
Muitas pessoas brigam porque se tiver olhos grandes, uma cabeça grande e cabelos compridos e coloridos (na maioria das vezes) é considerado anime, pois é uma característica dos desenhos japoneses.

A pronuncia que é outra briga.

O certo: Ani (Pois se você considera realmente do Japão, a sílaba tônica é a última)
A palavra pode ter vinda derivada do francês (Animée) ou do inglês (Animation)

Mas como estamos no Brasil, você pode falar Ame que NÃO TEM PROBLEMA! Eu mesma falo assim. Ok?

Fansub nada mais é que fãs que legendam uma série (seja anime, novela, etc.), muitas vezes sem autorização de seus respectivos criadores da obra (algo ilegal).
Fandub são os fãs que dublam uma série (seja anime, novela, uma música que no caso é cover, etc.)
Fansing é um cover de alguma música, feita por fã.
Fanart é uma arte, geralmente desenho, feita por fã. Sendo o desenho de alguma série (Anime, famosos, mangás, jogos, etc.)

Fanfic ou só Fic é uma história criada por fã, é abreviação do inglês Fan Fiction.

Shipp: NaruHina | Imagem
Light Novel são romances com ilustração, geralmente são no estilo de animes e/ou mangás.

Doujinshi é um mangá criado geralmente por fã, muitas vezes de séries/desenhos/qualquer coisa que já exista. Nele pode ocorrer de tudo com os personagens. São comumente conhecidos por conter putaria. Mas ainda há doujinshis originais que não tem putaria, fazem isso para conseguirem ganhar um nome e entrar no mercado.

Shipp ou o novo verbo "Shippar" vem da palavra em inglês relationship (), se dá esse títulos a alguns personagens fictícios ou pessoas reais que você acredita que nasceram um para o outro ou que gostaria de vê-los juntos.
Um exemplo: Eu, Julia, shippo UsUk

UsUk é o nome de um fandom que acredita que o América e o Inglaterra do anime e mangá Hetalia deveriam ficar juntos e que o romance entre eles é bonito. Us = América e Uk = Inglaterra.
Geralmente junta o nome dos dois personagens e coloca na frente o que é o dominante, no caso o América, e depois o passivo, no caso o Inglaterra. Esse é um exemplo de shipp yaoi.

Outros casos: eu shippo NaruHina. Naru de Naruto e Hina de Hinata, ambos do mangá/anime Naruto; eu shippo IchiRuki. Ichi de Ichigo e Ruki de Rukia do mangá/anime Bleach.

Repetindo que, nesse caso, é algo fictício!

Não importa se os dois personagens nem se conhecem ou se são de séries diferentes, pode haver um shipp.

Yaoi é um gênero com foco no público feminino que mostra relações homossexuais entre dois homens.
Yuri é um gênero com foco no público masculino que mostra relações homossexuais entre duas mulheres.

OTAKU e OTOME

Um dos mais comentados, discutidos e que virou assunto para briga.
Konata Izumi, personagem otaku de animes
do mangá/anime Lucky Star fazendo cosplay de
Haruhi de Suzumiya Haruhi no Yuuutsu.

Vamos as definições japonesas.

Otaku: Fã de algo, pode ser qualquer coisa.
Ex: Eu sou muito fã de trem.
Eu sou uma otaku de trem.
Mas o otaku de lá é alguém OBCECADO por algo, no caso que eu dei acima seria por trens.

No Japão é visto com preconceito, pois o termo é pejorativo.

Como surgiu o termo:

"O humorista e cronista Akio Nakamori observou que a palavra era muito utilizada entre fãs de animes e a popularizou por volta de 1989, quando a utilizou em um de seus livros. Este livro, M no jidai descrevia um assassino em série que se descobriu ser obcecado por animes e mangás pornográficos, e que recriava as histórias estuprando jovens garotas. A história foi inspirada em um assassino real, Tsutomu Miyazaki. 
-Wikipédia"

Otome: Não é o feminino de otaku! Otome significa uma mulher pura, virgem, uma donzela.

No ocidente, Otaku refere-se a pessoas que gostam de animes/mangás japoneses e Otome como o feminino de Otaku.
Cosplayer brasileira Witchiko da personagem
Gasai Yuno do anime/mangá Mirai Nikki.
E por último, não menos importante, COSPLAY.

Cosplay vem de Costume Play, basicamente você se veste a caráter de algum personagem (Seja fictício, real ou original). Você se fantasia e a coisa mais importante é se divertir. É um hobby de muitas pessoas, mas pode acabar se tornando seu trabalho.

Existe concursos específicos apenas para cosplays, geralmente ocorrem em eventos de animes que existem pelo mundo todo. Nos concursos você apresenta seu cosplay e pode chegar até a atuar dependendo da categoria que você participa. Os jurados vão contar tudo que você fizer e irão dar a nota no final. Há concursos que reúnem pessoas do mundo todo e alguns tem como prêmio uma quantia em dinheiro. O maior concurso no mundo é o WCS (World Cosplay Summit) que só os que estão classificados (de cada país) participam após algumas eliminatórias e ele ocorre no Japão. No Brasil, o maior evento é o Anime Friends que ocorre todo ano no mês de julho em São Paulo. (Veja mais sobre o WCS no Brasil aqui.)

A pessoa que faz cosplay se chama cosplayer.
A pessoa que monta um cosplay (Cria todo ele, costura, etc) se chama cosmaker.


Agora que já sabem disso, aguardem a próxima parte!


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Postem o que acham da post, de dicas ou o que quiserem.
Menos conteúdos feios (vocês sabem do que eu to falando, seus safadinhos). :b